Baseado no Dacia Dokker europeu, multiuso é produzido em Córdoba, na Argentina

Após breve aparição para concessionários no início do abril, a nova geração do Renault Kangoo finalmente é apresentada de forma oficial na Argentina. Produzido localmente na fábrica de Córdoba, o multiuso substitui o modelo anterior que já acumulava quase 20 anos de mercado, mas difere do Kangoo original vendido em países da Europa. Na prática, é uma adaptação do Dacia Dokker romeno, desenvolvida com as características de estilo da Renault, incluindo grade, para-choque e capô exclusivos.

Novo Renault Kangoo - Mercosul

Sobre a Renault:

Com atuação de mercado dupla, o novo Kangoo é vendido tanto em versões comerciais quanto para passageiros. No primeiro caso, o destaque fica por conta da ampla área para carga, mas o visual é bem simples. No segundo, chama atenção a estética mais atrativa, com direito até a versão aventureira (como a configuração Stepway, pintado na cor laranja). Os preços começam em 448.800 pesos (Life 1.6 SCe) e alcançam 518.400 pesos (Stepway 1.5 dCi) - respectivamente R$ 68.700 e R$ 79.400.

Novo Renault Kangoo - Mercosul

Duas opções de motorização serão oferecidas: 1.6 a gasolina de 114 cv e 15,9 kgfm de torque, e 1.5 diesel de 89 cv e 22,4 kgfm de força. No primeiro caso, a marca garante aceleração de 0 a 100 km/h em 12,7 segundos, máxima de 166 km/h e consumo médio de 13,1 km/l. No segundo, os números são de 14,1 segundos, 159 km/h e 20,4 km/l, respectivamente. Em ambos o câmbio é sempre manual de 5 marchas.

O lançamento no Brasil ainda não tem data marcada para acontecer.

Fotos: Divulgação

Galeria: Novo Renault Kangoo - Mercosul