Ganha novo para-choque, mudanças na grade frontal e novos motores turbo

A Fiat-Chrysler finalmente revela as primeiras imagens do Jeep Renegade 2019, versão reestilizada do SUV compacto, que faz sua estreia no Salão de Turim (Itália). O Jeep mais barato do momento recebe uma mudança bem leve em suas linhas, com um para-choque alterado, grade frontal mais larga, novos faróis e interior inspirado no Compass. Sua novidade mais importante é a adoção de uma nova linha de motores turbo, composta pelo 1.0 de três cilindros que gera 120 cv e o 1.3 de quatro cilindros em duas versões, de 150 cv e 180 cv. A estreia no Brasil é esperada para o 2º semestre, embora a chegada dos novos motores não esteja confirmada.

Mais novidades da Jeep:

O novo visual do Renegade não é exatamente novidade. Quem acompanha o Motor1.com já viu imagens vazadas do SUV compacto, adiantando exatamente este visual. Os faróis tem uma nova peça retangular na parte de dentro, a grade frontal tem entradas de ar mais largas e o para-choque tem outro desenho, colocando as luzes de neblina mais ao centro. Na traseira, passa a ter uma maçaneta à mostra mais abaixo da placa, ao invés de esconder no degrau da tampa do porta-malas. Por fim, as lanternas tem novo desenho interno, dando um aspecto 3D.

Jeep Renegade 2019 - Ao vivo

Do lado de dentro, como você pode ver nas nossas fotos exclusivas direto do evento, o Renegade fica com o console central igual ao do Compass. Ou seja, terá os mesmos botões de controle do ar-condicionado, posicionados mais acima e com controles giratórios menores. A central multimídia com tela pequena, uma das grandes reclamações sobre o modelo, foi substituída por uma nova tela de 8,4 polegadas.

 

Desenvolvidos no Brasil, os motores da família Firefly ganharam versões turbo, que farão sua estreia no Renegade 2019. Contará com o 1.0 de três cilindros, que agora gera 120 cv, e o 1.3 de quatro cilindros em duas configurações, de 150 cv e 180 cv. Ainda não sabemos como eles serão posicionados dentro da linha do Jeep e quais motores eles irão aposentar tanto aqui quanto na Europa. Por lá, a expectativa é que acabe substituindo tanto o Fire quanto o TwinAir. Não foi confirmado para o nosso mercado e, se vier, deve entrar no lugar do velho 1.8 E.torQ de 139 cv.

Fotos: Divulgação

Galeria: Jeep Renegade 2019 - Ao vivo