Futuro da marca será eletrificado e concentrado nos modelos da família 500

Enquanto no Brasil o plano estratégico de 5 anos da Fiat será basicamente concentrado no lançamento de SUVs, na Europa a marca depositará todas as fichas no campo da eletrificação. Em anúncio feito na última sexta-feira (1º) na Itália, o chefão da FCA, Sergio Marchionne, adiantou que o portfólio europeu da fabricante será basicamente formado por modelos verdes e que a maior parte dos próximos investimentos será direcionada para a família 500.

Novidades FCA:

O próprio Cinquecento, por exemplo, terá uma versão 100% elétrica na próxima geração. A FCA acredita que o posicionamento premium do modelo será capaz de absorver os custos extras necessários para a eletrificação e que assim poderá torná-lo comercialmente viável. A expectativa é que a estratégia dessa vez seja certeira, tendo em vista o total fracasso do finado 500e, que acumulava prejuízo US$ 14 mil por cada unidade vendida.

Fiat planos 2018-2022 - Europa
 

Na sequência, está previsto o retorno da finada Giardiniera, que na primeira geração correspondia à versão perua do 500. Nesta nova encarnação, o modelo será projetado com espaço e conforto extras na mesma linha do que o Mini fez com o Cooper. Segundo Marchionne, será "o melhor da categoria em termos de habitabilidade".

Por fim, estão previstas versões híbridas para o 500X e o 500L, mas o powertrain ainda é desconhecido. Nenhuma menção foi feita aos modelos Tipo e 124 Spider.

Fotos: Divulgação e Arquivo Motor1.com

Galeria: Fiat planos 2018-2022 - Europa