Compacto estreia apenas com motor 1.6, mas tem opção de câmbio automático

Pouco mais de um mês depois de colocar à venda o Virtus, a Volkswagen do Peru anuncia nesta semana a estreia local de mais um modelo de origem brasileira: o Polo. Produzido na fábrica de São Bernardo do Campo, o compacto começa a ser vendido no país com preço inicial de 56.917 soles, algo equivalente a R$ 64.600 numa conversão direta. O motor 1.0 TSI de 128 cv não é oferecido, mas o que chama a atenção é a possibilidade de o propulsor 1.6 MSI vir acoplado ao câmbio automático de 6 marchas - conjunto ainda inexistente por aqui.

Leia também:

De série, a versão de entrada Trendline oferece freios ABS com EBD, airbags frontais e laterais, sistema Isofix para fixação de cadeirinhas, computador de bordo, vidros com acionamento elétrico nas 4 portas, retrovisores elétricos, alarme, sistema de som com MP3, Bluetooth e entrada USB, além de ar-condicionado, banco traseiro rebatível e detalhes externos na cor da carroceria.

Volkswagen Polo - Exportação

O modelo topo de linha Highline acrescenta controles eletrônicos de tração e estabilidade, assistente de partida em rampas, sistema de entretenimento com tela de 6,5 polegadas, volante multifuncional revestido em couro, ar-condicionado automático, piloto automático, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, acendimento automático dos faróis, sensor de chuva, detalhes cromados e todas de 16 polegadas. 

 

Sob o capô, o motor 1.6 MSI de 110 cv movido apenas a gasolina pode vir ligado ao câmbio manual de 5 marchas ou automático de 6 posições (conjunto este que será oferecido no Brasil apenas nos próximos meses).

Fotos: Divulgação

Galeria: Novo Volkswagen Polo 200 TSI Highline 2018