Plataforma facilita venda sem necessidade de ir até uma concessionária

A Renault apresenta nesta sexta-feira (27) uma nova plataforma para vendas online no site brasileiro. Por enquanto disponível somente para o Kwid, o sistema permite fazer tudo online, desde configurar o carro, escolher a forma de financiamento, avaliar seu usado na troca e realizar o pagamento. Só é preciso ir à concessionária para retirar o veículo.

Leia também:

Chamada K-Commerce, a plataforma foi desenvolvida pela SAP Brasil e foi criada para rodar em computadores e smartphones. A ideia da Renault é facilitar a vida de quem quer comprar o Kwid e já conhece o modelo. “Nosso primeiro cliente do K-Commerce comprou o Kwid às 2 da manhã”, diz Luiz Pedrucci, presidente da Renault do Brasil.

Utilizar o sistema é simples. O usuário escolhe a versão e a cor, obtendo o valor final. É possível escolher quanto irá pagar de entrada e quantas parcelas será o financiamento (até 60 vezes), sempre simulando instantaneamente as condições. Em seguida, deve-se escolher em qual concessionária irá retirar o veículo. Pode oferecer um carro usado para troca, com avaliação online. O financiamento pelo Banco Renault é avaliado pela plataforma e a aprovação é enviada para o cliente, junto com o boleto para pagamento. O último passo é acompanhar o pedido online até a entrega.

Renault K-Commerce

Segundo Pedrucci, a inspiração veio das outras plataformas de venda online para outros tipos de produto. O cliente pode fazer o negócio quando quiser e sem a necessidade de ir até uma loja. A marca não revela, mas os concessionários não ficarão prejudicados pelo uso da plataforma, recebendo pelos veículos normalmente – a Lei Ferrari impede vendas diretas da fabricante para pessoas físicas, exceto em casos especiais como PCD.

Por enquanto, o sistema estará disponível somente para o Kwid. Pedrucci não descarta levar para outros modelos, mas tudo dependerá dos resultados obtidos com o K-Commerce. Tudo indica que irá bem. Desde que foi lançada, a plataforma foi responsável por 5.106 vendas do Kwid, ou 35% dos emplacamentos do modelo no período, 70% deles feitos via mobile.

Fotos: Divulgação