Conjunto oferecido até agora apenas no exterior deverá estrear por aqui em breve

A Volkswagen inicia nesta semana no Peru a comercialização do sedã Virtus produzido no Brasil. Disponível em quatro diferentes configurações, o modelo estreia no país como opção mais refinada ao Voyage e ao Polo Sedan (importado da Índia), com preços que variam de 51.500 a 58.980 soles - cerca de R$ 53.200 e R$ 60.850, numa conversão direta. O motor 1.0 TSI de 128 cv não é oferecido, mas o que chama a atenção é a possibilidade de o propulsor 1.6 MSI vir acoplado ao câmbio automático de 6 marchas - conjunto ainda inexistente por aqui.

Leia também:

Volkswagen Virtus 2018

De série, o Virtus Trendline oferece ar-condicionado, freios ABS com EBD, quatro airbags, controles eletrônicos de tração e estabilidade, sistema Isofix para fixação de cadeirinhas infantis e aparelho de som com conexão Bluetooth e entrada USB, entre outros. O modelo Highline adiciona ar-condicionado automático, sistema de entretenimento com tela de 6,5 polegadas, computador de bordo, piloto automático, sensores de estacionamento, luzes diurnas de LED e rodas de 17 polegadas.

Sob o capô, o motor 1.6 MSI movido apenas a gasolina rende 110 cv e pode ficar ligado a um câmbio manual de 5 marchas ou ao automático Tiptronic de 6 posições.

Fotos: Divulgação e Arquivo Motor1.com

Galeria: Volkswagen Virtus 2018