Montagem serviu de preparação para a produção definitiva, que será iniciada no segundo semestre

A Nissan anuncia nesta semana na Argentina a produção da primeira unidade da picape Frontier na nova fábrica de Santa Isabel. Fruto de um investimento de mais de US$ 600 milhões, a operação acontece neste primeiro momento de forma provisória com o objetivo de ajustar as instalações para o início da fabricação definitiva - o que deve acontecer a partir do segundo semestre. Como resultado, esta chamada "etapa teste" produziu um protótipo de entrada, configurado em versão de trabalho e pintado na cor Laranja Imperial.

Leia também:

Injustiçados - Nissan Frontier

Além de servir como uma espécie de cobaia, o modelo da foto (abertura) também adianta novidades interessantes para a gama de versões da Frontier. Atualmente comercializada no Brasil apenas nas variantes SE e LE (ambas importadas do México), a picape passará a contar com novas opções até o fim do ano, graças às facilidades concedidas pelo passaporte argentino. Entre elas, destaque para configurações mais baratas voltadas para venda direta e modelos equipados com câmbio manual de 6 marchas. Sob o capô, o motor continuará sendo 2.3 turbodiesel.

Na mesma fábrica de Santa Isabel, a Frontier ganhará nas linhas de montagem a companhia da Renault Alaskan e da Mercedes-Benz Classe X, derivadas da mesma plataforma. O modelo francês tem estreia por aqui programada para o fim do ano, enquanto o alemão deverá chegar às lojas em 2019.

Fonte: Autoblog Argentina

Galeria: Nissan Frontier SE 2018