De quebra, SUV estreia o novo sistema de tração integral da marca e ganha pegada mais off-road

Após meses seguidos de flagras, projeções e teasers, a Toyota finalmente oficializa no Salão de Nova York a apresentação da nova geração do RAV4. SUV mais vendido da marca no mundo em 2017 (foram mais de 400 mil unidades só nos Estados Unidos), o modelo chega à quinta geração com estilo completamente revisto, nova plataforma e sistemas de conectividade mais modernos e funcionais. De quebra, torna-se o primeiro Toyota de produção a contar com o sistema de tração Dynamic Torque Vectoring AWD, com capacidade de desconexão total do eixo traseiro.

Leia também:

Toyota RAV4 2019

Herdada de modelos como Prius, Auris e Camry, a base modular TNGA deixou o RAV4 2019 ligeiramente mais curto, baixo, largo e ao mesmo tempo também mais espaçoso. De acordo com a Toyota, são ao todo 4,59 metros de comprimento (- 0,5 cm), 1,85 de largura (+1 cm) e 1,69 de altura (-0,5 cm), além de 2,69 metros de entre-eixos (+3 cm). De quebra, a altura em relação ao solo foi elevada em 1,3 cm e os balanços dianteiros e traseiros foram encurtados, conferindo maior capacidade para enfrentar obstáculos (sim, o novo RAV4 está mais capaz no off-road).

Na cabine, o conceito minimalista segue exatamente a mesma pegada já empregada no hatchback Auris (ou Corolla Hatch). A tela de entretenimento tem 7 polegadas (8" como opcional) e abriga de série o Entune 3.0 da Toyota, com compatibilidade para Apple CarPlay e AmazonAlexa. Nas versões mais caras, o chamado EntuneAudio Plus adiciona rádio Sirius XM (via satélite), enquanto o topo de gama Entune Premium agrega sistema de navegação. Há ainda uma infinidade de portas USB, carregadores de telefone sem fio e um sistema de som JBL opcional com 800 watts.

Toyota RAV4 2019

Outro detalhe interessante diz respeito ao pacote de segurança SafetySense, oferecido de série em todos os modelos. Ele inclui itens conhecidos como alerta de colisão frontal com detecção de pedestre e frenagem de emergência, além de piloto automático adaptativo, aviso de mudança de faixa com assistência de direção e faróis altos automáticos.

Merece destaque ainda o sistema Lane TracingAssist, que funciona como um dispositivo pseudo-autônomo capaz de orientar o RAV4 e fornecer assistência prática ao motorista. Segundo a Toyota, ele “reduz a carga do motorista e dá suporte para uma condução segura, especialmente em congestionamentos ou longas viagens rodoviárias”. 

Sob o capô, as versões convencionais terão motor 2.5 Dynamic Force VVT-iE e câmbio automático de 8 marchas. Por sua vez, os modelos híbridos contarão com uma variação específica do mesmo propulsor (2.5 Hybrid System II), ligado sempre a uma caixa CVT.

Fotos: Divulgação e Arquivo Motor1.com

Galeria: Toyota RAV4 2019