CEO da Volkswagen na Argentina confirma produção local somente para daqui dois anos; modelo será revelado na China em agosto.

A espera pelo novo SUV médio da Volkswagen para nosso mercado ainda será longa. Apesar de ter estreia prevista para agosto na China, o modelo só será produzido na Argentina a partir de 2020, para então chegar ao nosso mercado. A informação foi revelada por Hernán Vázquez, CEO do Grupo Volkswagen na Argentina, em conversa com o site Argentina Autoblog. O executivo aproveitou para revelar que o modelo latino terá diferenças em relação ao chinês, tanto em design quanto em equipamentos.

Leia também:

“Conseguimos um investimento de US$ 650 milhões para fabricar um SUV em Pacheco a partir de 2020. Terá a plataforma MQB-A, que será produzida pela primeira vez em nossa planta”, explica Vázquez. “O Projeto Tarek será fabricado na China, Rússia, México e Argentina, que será o último país a recebê-lo. Mas não será idêntico em todos esses mercados. Em cada região, terá as adaptações e equipamentos que os mercados exigem. Por isso, é possível que comecem a ver flagras do modelo na China, porém não será exatamente igual ao que será feito na Argentina. Será parecido, mas não igual.”

De fato, o Tarek já foi flagrado na China usando design diferente. A mula de testes tinha peças de outros carros da SAIC-VW, incluindo uma grade totalmente fora do padrão da Volkswagen. Porém, o interior já parecia próximo do modelo final. As mudanças no visual devem ser pequenas, sem fugir muito do esboço revelado pela marca e que já se tornou uma projeção.

Volkswagen Tarek - Teaser

Vázquez admitiu que a chance de fabricar outros modelos da plataforma MQB existe e que estão analisando as alternativas, só que não será nada para este momento. “O estabelecimento desta plataforma em Pacheco nos daria potencial de fabricar outros modelos em nossa fábrica. Porém, para isso, falta tempo. Por enquanto, continuaremos produzido a Amarok, que ainda tem vários anos pela frente”, explica o executivo.

Conhecido como Tarek e, anteriormente, como Tharu, o novo SUV médio da Volkswagen chegará para entrar no segmento do Jeep Compass. É uma alternativa mais barata ao novo Tiguan, que ficou maior, mais caro e refinado. Ficará abaixo do Tiguan Allspace, versão de sete lugares que chega ao Brasil neste ano; e acima do T-Cross, o SUV do Polo que será a atração da marca para o Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro, e começa a ser vendido no início de 2019.

Fotos: Divulgação
Fonte: Argentina Autoblog

Projeção: Kleber Silva / Behance

Galeria: Volkswagen Tarek/Tharu - Projeção