FCA achou valor baixo e tentou vender só algumas marcas do grupo

A compra de 9,69% das ações da Daimler por parte da Geely surpreendeu muita gente, mas foi um prêmio de consolação. Segundo os sites AutoBuzz e Automotive News, a intenção da Geely era comprar a Fiat-Chrysler por 22 bilhões de euros, mas a FCA recusou essa oferta, alegando que o preço era baixo demais. As negociações não seguiram em frente e a Geely voltou sua atenção para a dona da Mercedes-Benz.

Leia também:

Li Shufu, bilionário chinês dono da Geely, teria oferecido 22 bilhões diretamente a John Elkann, herdeiro da família Agnelli. O grupo Exor, comandado pelos Agnelli, achou o valor abaixo do que a Fiat-Chrysler vale. Foi feita uma contra-oferta, para que a Geely comprasse todas as marcas do grupo FCA por este valor, exceto Alfa Romeo e Maserati, o que daria o controle da Abarth, Chrysler, Dodge, Fiat, Jeep, Lancia, Mopar e Ram.

Desta vez, foi Shufu quem recusou a oferta, querendo o grupo todo ou nada. A FCA até tentou montar outros pacotes por valores diferentes para a Geely, mas não chegaram a um acordo. Sergio Marchionne, chefão da Fiat-Chrysler, confirmou as conversas com a empresa chinesa e que elas foram encerradas. “Estamos todos focados no plano de 2018”, disse Marchionne.

O caminho a ser seguido pela Fiat-Chrysler será revelado no dia 1º de junho, chamado pela marca de Investor Day, quando irão apresentar aos investidores qual será a estratégia para os próximos quatro anos. “Deixe o mercado avaliar o valor do plano de 2018 e, em algum momento, se as pessoas estiverem interessadas, eles deveriam voltar e conversar, mas não agora”, finaliza o executivo.

Galeria: Jeep Renegade 2019 - Flagra

Uma das decisões a serem reveladas no Investor Day será o novo carro de entrada da Jeep. O modelo abaixo do Renegade entra e sai dos planos da empresa há alguns anos, por problemas de custo e capacidade de manter o DNA da marca – o crossover precisa ter pelo menos uma versão com tração 4x4, como os demais modelos da Jeep. Enquanto isso, a fabricante trabalha na reestilização do Renegade, prometida para o 2º semestre deste ano.

Leia também:

Fonte: Autobuzz e Automotive News Europe

Galeria: Jeep Cherokee 2019