Visual reestilizado é o mesmo aplicado na versão norte-americana em janeiro

Pouco mais de um mês depois de estrear para o público norte-americano no Salão de Detroit, o reestilizado Ford Edge 2019 é revelado em configuração exclusiva para a Europa. Comercializado naquele continente desde o lançamento desta segunda geração, o modelo não muda visualmente na comparação com a variante yankee, mas é completamente único no quesito motorização. Não há nenhuma opção a gasolina, de tal modo que toda a gama é equipada com diferentes versões do novo motor 2.0 diesel da família EcoBlue, o mesmo já usado pela Ranger Raptor com 213 cv.

Leia também:

Ford Edge facelift (Euro-spec)
Ford Edge facelift (Euro-spec)
Ford Edge facelift (Euro-spec)
Ford Edge facelift (Euro-spec)

De apelo esportivo, o visual traz como destaque na dianteira os faróis mais pontiagudos, que acompanham o tamanho extra e o novo formato da grade. Além disso, o capô exibe vincos mais bem definidos e o para-choque ganhou entradas de ar redesenhadas, com molduras revistas para os faróis de neblina. Na traseira, detalhes em preto separam as lanternas e acompanham o formato do vidro. Já no interior, a manopla de câmbio foi substituída por um botão giratório e os bancos foram redesenhados para reforçar o conforto.

Na lista de equipamentos, a novidade fica por conta da inclusão de vários assistentes de condução. Entre eles, destaque para frenagem pós-colisão (PCB), controlador de velocidade (ACC) com manutenção de faixa (LCA) integrado e o chamado ESA, que ajuda a manter o controle do veículo em caso de colisão traseira ou lateral. Completam a lista leitor de placas, acionamento automático de faróis alto e baixo, alerta de objetos em pontos cegos, central multimídia Sync3 com tela de 8 polegadas e sistema de som Bang & Olufsen.

Ford Edge facelift (Euro-spec)

Sob o capô, o novo motor 2.0 EcoBlue substitui o antigo 2.0 TDCi de 179 e 209 cv com 3 opções de potência: 150, 190 ou 238 cv. Dependendo da versão escolhida (o modelo das fotos, por exemplo, é o ST-Line), o câmbio pode ser manual de 6 marchas ou automático de 8. A tração é dianteira no modelo menos potente e integral nos demais.

 Fotos: Divulgação

Galeria: Ford Edge 2019 facelift - Europa