Em pesquisa recente, 9 de cada 10 motoristas admitiram praticar o mau hábito

O governo francês vai intensificar a fiscalização e a punição para motoristas que insistirem em fazer uso de aparelhos celulares ao volante. Conforme relatam autoridades locais, decisão recentemente proferida por tribunais do país bane completamente o hábito e impõe restrições para casos específicos. Quem necessitar usar o dispositivo, por exemplo, terá que estacionar o veículo em um local apropriado e deixar o motor sempre desligado. Do contrário, o motorista será instantaneamente multado em aproximadamente R$ 400 - a única exceção será em caso de acidentes, quando o motorista poderá usar o telefone para pedir socorro e acionar a polícia.

Leia também:

celular ao volante

A medida foi tomada com o objetivo de otimizar a segurança viária e diminuir o número de acidentes. A França não informa quantas mortes o mau hábito causou nos últimos anos, mas confirma que em 2015, por exemplo, mais de 300 mil motoristas foram autuados. "Eu acho que devemos incentivar os motoristas o parar de usar o telefone enquanto dirigem", disse Yves Carras, da associação francesa de automóveis.

Esta, vale lembrar, não foi a única medida rígida aplicada à legislação local de trânsito. Recentemente, o país reduzir o limite de velocidade em pista dupla de 90 km/h para 80 km/h.

Fotos: Divulgação