Deve ficar com aspecto mais musculoso e receber sistema híbrido simples

Novos flagras mostram como será a próxima geração do BMW M3. A versão mais potente do sedã, que ainda roda com camuflagem, deve ser apresentada no Salão de Frankfurt (Alemanha), em 2019.

Este M3 mostra algumas modificações interessantes na carroceria, especialmente na região das entradas de ar do para-choque. Elas sugerem que os designers preparam o uso de rodas maiores, mas a fabricante não quer mostrar isso ainda. Olhando para o sedã pela parte de trás, podemos ver que a BWM se esforçou para esconder também as saídas de ar atrás das rodas dianteiras.

Leia também:

De resto, o novo M3 está bem escondido e não mostra quase nada de suas novas linhas. É difícil até saber qual será o formato dos faróis e o tamanho da grade. A situação é semelhante na traseira, especialmente na região das lanternas. As quatro saídas de escape deste protótipo parecem nervosas, mas pode esperar que a BMW coloque um difusor de ar em volta delas.

Galeria: BMW M3 2020 - Flagra

Rumores sugerem que o novo M3 continuará a usar o motor 3.0 biturbo com seis cilindros em linha, mas com a adição de um sistema híbrido de 48 volts. Isto pode elevar sua potência acima dos 500 cv. Além disso, o sedã de alto desempenho deve seguir o caminho do M5, recebendo tração nas quatro rodas, mas apenas como opcional. A mudança para a nova plataforma CLAR da marca deve ajudar a reduzir seu peso

O esperado é que o M3 estreie no Salão de Frankfurt, em setembro de 2019. Pouco depois será a vez do M4, nas versões cupê e conversível, recebendo melhorias semelhantes.

Fonte: CarPix

Galeria: Nova geração do BMW M3 - Flagra