A grande novidade no interior é a nova central multimídia com duas telas de alta definição

A quarta geração do Mercedes-Benz Classe A é revelada recheada de tecnologia, com três novos motores e um leve crescimento. Essas melhorias combinadas criam um hatchback estiloso com equipamentos de última geração que não são a norma deste segmento.

Leia também:

O novo Classe A tem um entre-eixos 30 milímetros maior, enquanto o resto da carroceria cresceu 14 milímetros em comprimento. Este novo tamanho aumenta o espaço para ocupantes, incluindo o área para ombros e cabeça, além de aumentar a capacidade de carga do porta-malas para 370 litros. A Mercedes diz que a suspensão revisada deixa o carro ainda mais confortável. E tem amortecedores ativos como opcionais, que mudam o ajuste de acordo ao modo de direção que o motorista escolher.

Visualmente, o Classe A ganha uma aparência mais angular, especialmente na parte da frente. Tem uma queda acentuada próxima da grade e os faróis inclinados dão uma cara bem brava ao hatch. Os clientes podem, por um custo a mais, trocar os faróis por versões de LED Multibeam, que tem 18 lâmpadas em cada conjunto.

A Mercedes estreia diversos motores no novo Classe A 2019. O M 282 é um 1.4 turbo de quatro cilindros que produz 161 cv e 25,5 kgfm de torque. É acoplado ao câmbio automatizado de dupla embreagem e 7 marchas, ou a um manual de 6 posições. Há também o M 260 2.0 turbo de 222 cv e 35,7 kgfm, e o M 608 1.5 de 115 cv e 26,5 kgfm, ambos trabalhando exclusivamente com a transmissão DCT de 7 marchas. A fabricante promete mais motores no futuro. Vem com tração dianteira, embora vá contar com o sistema de tração integral 4Matic como opcional. 

Mercedes-Benz Classe A 2019
Mercedes-Benz Classe A 2019

Por dentro, o novo Classe A é o primeiro carro da Mercedes a usar o novo sistema multimídia MBUX, com painel de instrumentos digital. São três versões: a primeira usa um par de telas de 7 polegadas, a segunda aumenta uma das telas para 10,25 polegadas e a topo de linha usa duas telas de 10,25 polegadas, que fica parecendo um enorme display que passa por todo o painel. Pode ser controlado pela própria tela, sensível ao toque, ou pelo console central. Se pagar um pouco mais, pode responder a comandos de voz.

Assistências de condução do Classe S foram levadas ao hatchback. Conta com o controle de cruzeiro adaptativo, capaz de mudar a velocidade do carro automaticamente antes de curvas, cruzamentos e rotatórias.

O novo Classe A chega à Europa neste ano e virá ao Brasil, embora sem data de estreia. Deve ser a atração da marca alemã para o Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro. A fabricante ainda prepara uma versão sedã e o crossover GLA, enquanto o CLA será separado, seguindo outra estratégia.

Fonte: Mercedes-Benz

Galeria: Mercedes-Benz Classe A 2019