Modelo ficará abaixo do T-Cross e será vendido em 2020

A Volkswagen sabe que entrou muito tarde no segmento dos SUVs compactos. A primeira tentativa deveria ter sido com o finado Taigun, conceito que antecipava um crossover baseado no Up!. A marca compensa essa chegada tardia com uma safra de modelos para o segmento. E um deles será o T-Track, modelo de porte pequeno que ficará abaixo do T-Cross (o SUV do Polo).

Leia também:

Embora o nome não esteja definido, o presidente da Volkswagen do Brasil e América do Sul, Pablo Di Si, confirmou o desenvolvimento deste modelo em entrevista ao Automotive Business. Este SUV compacto ainda está distante, com previsão de chegar somente em 2020. Ele apareceu num slide durante apresentação feita na Argentina, com o nome de A0 CUV.

2018 Volkswagen T-Cross CUV spy photo

Isso já indica uma mudança nos planos. Na época, o Taigun foi descartado por ser pequeno demais, usando a plataforma NSF do Up!. O nome A0 remete à base MQB-A0, versão mais barata da MQB e que é a arquitetura do novo Polo. A revista alemã AutoBild diz que ele medirá 3,80 metros de comprimento e será equipado somente com motores de três cilindros (1.0 MPI e 1.0 TSI).

Quatro SUVs até 2020

A ofensiva de SUVs da Volkswagen será forte. Começa ainda neste semestre, com a chegada do Tiguan Allspace, a versão de sete lugares que virá do México. No final do ano, a marca irá revelar o T-Cross (foto acima), baseado no Polo e que será a atração do Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro. Sua produção deve começar em janeiro. A Argentina ficará com um SUV inédito, de porte médio e que é chamado de Projeto Tarek (desenvolvido a partir do Skoda Karoq), devendo estrear em 2019. Isso empurra o T-Track praticamente para 2020, por ser o de menor prioridade na linha.

Fonte: Automotive Business e AutoBild
Projeção Carplace/Motor1.com