Hatch reestilizado receberá variação do motor 1.5 do EcoSport e nova transmissão manual de 5 marchas

Enquanto por aqui a Ford ainda faz mistério sobre o Ka renovado, as coisas estão bem mais definidas na Índia. Produzido por lá como Figo, o hatch terá mais do que uma atualização de visual, passando a contar com um novo motor, o 1.2 Dragon. Trata-se de uma variação do 1.5 Dragon usado no EcoSport, um pouco mais simples para servir de motor de entrada para o compacto. Ainda não há confirmação se virá ao Brasil.

Leia também:

Este novo 1.2 Dragon já aparecia em rumores há um tempo. Agora não é mais um boato, pois a revista Autocar India já andou no Ford Ka com esta motorização e tem informações oficiais sobre ela. Assim como o 1.5, é construído em alumínio, tem três cilindros e compartilha o mesmo bloco. Tem pistões menores, para reduzir a capacidade cúbica e perdeu o eixo balanceador – ou seja, vibra muito mais do que o 1.5.

É consideravelmente mais eficiente do que o 1.0 Ti-VCT atual. Gera 96 cv e 11,7 kgfm com gasolina, contra os 80 cv e 10,2 kgfm do 1.0 que equipa o Ka brasileiro. Não revelaram a quantas rotações por minuto o torque atinge seu máximo. Além disso, recebe uma nova transmissão manual de 5 marchas, que a Ford diz ser mais leve, precisa e mais fácil de operar. Deve gerar uma versão automatizada no futuro.

Ford Ka

A marca ainda faz outro mistério, dizendo que o novo motor irá estrear em um utilitário compacto ainda sem nome, feito com a plataforma do Ka. Embora indique que será um novo veículo, flagras mostram que parece mais uma versão aventureira do Ka, mais alto, com rodas maiores e pequenos diferenças no design, como a carroceria mais larga, grade maior e capô mais alto. Já foi flagrado antes e é chamado pela mídia indiana como Figo Cross ou Figo Freestyle. Muitos dizem que será uma aposta diferente do Ka Trail, seguindo o mesmo caminho usado pela Honda com o WR-V.

Além das mudanças na motorização, o Ka receberá mudanças leves no design. O mais importante estará do lado de dentro, com a adição da nova central multimídia Sync 3 nas versões mais completas. As mais baratas devem utilizar um sistema mais simples, mas ainda com tela sensível ao toque. O novo motor 1.5 Dragon começará a ser produzido em Taubaté (SP) e deve substituir o 1.5 atual do hatch. A estreia acontecerá em 2018, ainda sem data definida.

Fonte: Autocar India
Fotos: Autocar India e Falando de Carro