Primeiras unidades serão entregues a partir de fevereiro

Atração de destaque da Nissan na última edição do Salão de Tóquio, a nova geração do Leaf promete estrear com o pé direito na Europa em termos comerciais. Conforme anuncia a imprensa daquele continente, desde que começou a ser oferecido em regime de pré-venda (tanto via internet, quanto nas próprias concessionárias), o elétrico já recebeu mais de 10 mil encomendas. Tamanha procura reflete exatamente o interesse crescente dos europeus por modelos do tipo, ao mesmo tempo que prenuncia que o sucesso alcançado na primeira geração certamente será replicado.

Leia também:

Nissan Leaf

No Reino Unido, os preços começam em £ 26.490 (cerca de R$ 116.700) e as primeiras unidades serão entregues em fevereiro. Nesta segunda geração, o Leaf é comercializado nas versões S, SV e SL, com duas opções de baterias. A primeira, de 40kWh, garante autonomia de aproximadamente 240 km, ao passo que a segunda, de 60kWh, permite rodar até 320 km. O motor elétrico é o mesmo do modelo antecessor, mas com um novo inversor, que elevou a potência para 150 cv e o torque para 32,6 kgfm. A velocidade máxima é limitada a 140 km/h.

Avaliação Nissan Leaf no Japão

Entre outras novidades, o modelo estreia o chamado sistema e-Pedal, que transforma o acelerador também em um freio virtual. Basta parar de pisar que o inversor gera força para reduzir a velocidade do carro até ele parar, dispensando o uso do freio. Além disso, a Nissan destaca a presença do ProPilot, piloto automático adaptativo que acompanha o trânsito, é capaz de ficar na faixa de rodagem e até freia sozinho em emergências.

No Brasil, o lançamento da nova geração do Leaf foi prometido para 2019.

Fotos: Divulgação

Galeria: Avaliação Nissan Leaf no Japão

Foto de: Redação