Gama é composta pelas versões Trendline, Comfortline, Highline e Limited, sempre com motor 1.6 MSI

Mais novo candidato ao posto de veículo líder em exportações da Volkswagen brasileira, o Polo 2018 segue sua trajetória de expansão pela América Latina depois de estrear no Brasil, na Argentina e no Paraguai. A bola da vez, anunciada nesta semana, é sua chegada ao Chile, onde começa a ser vendido nas versões Trendline, Comfortline, Highline e Limited, com preços que começam em 8.990.000 pesos (algo em torno de R$ 46.750, numa conversão direta). Como na Argentina, há a oferta do câmbio automático para o motor 1.6 MSI.

Leia também:

Volkswagen Polo

De série, todas as versões oferecem freios ABS com EBD, 4 airbags e fixação Isofix para cadeirinhas infantis. A variante Trendline agrega vidros elétricos, ar-condicionado, rodas de aço aro 15" com calotas, computador de bordo e sistema de som com Bluetooth e entrada USB. O intermediário Comfortline adiciona rodas de liga-leve também aro 15", faróis de neblina, App-Connect, sistema de entretenimento com tela de 6,5 polegadas, volante multifuncional, sensor de ré e, na versão automática, controles de tração e estabilidade.

Volkswagen Polo

Já a versão Highline oferece rodas de 16 polegadas, bancos revestidos em couro, assistente de partida em rampas, sensor de chuva, controle de velocidade, ar-condicionado automático, câmera de ré, acendimento automático dos faróis, acesso sem chave, retrovisor fotocrômico e pacote de detalhes cromados no exterior. Há ainda o modelo topo de gama Limited, que agrega sistemas de entretenimento com tela de 8 polegadas e quadro de instrumentos digital de 10,25 polegadas.

Volkswagen Polo

Sob o capô, o motor 1.6 MSI de 110 cv é a única opção oferecida. Nada de propulsores 1.0, nem aspirado nem o turbo TSI. O câmbio pode ser manual de 5 marchas ou automático de 6 - opção que em breve estará disponível também por aqui.

Fotos: Divulgação

Galeria: Volkswagen Polo 2018 - Lançamento no Brasil