SUV líder de vendas no Brasil estreará novo visual em meados de 2018

Presente no portfólio global da Honda desde 2014, o HR-V se prepara para receber atualizações no visual. Especulada desde o início deste ano, a reestilização segue em pleno desenvolvimento na Ásia e já alcança a fase final de testes de rua com protótipos, como provam estas fotos publicadas pelo site malaio Paultan.org. As imagens confirmam que as mudanças serão concentradas basicamente na dianteira e na traseira, porém sem grandes rupturas com o design atual do modelo. O objetivo da marca é manter a receita que vem dando certo, promovendo apenas mudanças pontuais de estilo.

Leia também:

De modo geral, a expectativa é que o facelift seja capaz de colocar o HR-V em dia com a nova identidade visual da Honda, a exemplo do que aconteceu com os modelos Fit e City. Na frente, a grade será mais pronunciada e vertical, com forte inspiração nos novos Civic e CR-V. Lobo abaixo, um conjunto de filetes verticais ocupará boa parte de área inferior do para-choque, ladeados por molduras maiores para os faróis de neblina.

Já na traseira, as lanternas receberão novas lentes e iluminação interna revista, enquanto o espaço para instalação da placa continuará sendo na tampa do porta-malas (apesar de o carro de testes simular o contrário). Nas laterais, as rodas deverão trazer novo desenho.

Honda HR-V reestilizado - Flagra

Por dentro, a cabine deve acompanhar as mudanças apenas com novos grafismos para o painel e revestimentos para os bancos. A lista de equipamentos também deve passar por alterações e a inclusão de novos itens de série nas versões mais baratas é uma possibilidade.

Na prática, este conjunto de novidades servirá como uma resposta direta da Honda ao avanço da concorrência. Isso porque, embora tenha sido líder isolado do segmento por um bom período, o HR-V vem aos poucos perdendo terreno para rivais mais novos - em especial o Hyundai Creta, que chegou a superá-lo nas vendas de novembro.

Por fim, o conjunto formado pelo motor 1.8 16V de 140 cv associado ao câmbio CVT não deve mudar. O câmbio manual de 6 marchas, existente praticamente apenas em teoria na versão de entrada, é que poderá dar adeus.

Fotos: Paultan.org

Galeria: Honda HR-V reestilizado - Flagra