Modelo foi vendido no Brasil entre 2009 e 2013

Após praticamente 12 anos ininterruptos de produção, o Nissan Tiida da primeira geração finalmente sairá de linha no México. Fabricado desde 2005 na planta de Morelos, região central do país, o modelo acumula mais de 1,2 milhão de unidades entregues neste período, sendo 981 mil desse total enviados para o exterior. A montagem será oficialmente encerrada em meados do ano que vem e não haverá um sucessor direto. A variante hatchback, vale lembrar, foi substituída há alguns anos pelo Note e o sedã (única opção ainda em produção) terá seus clientes viúvos direcionados para o Versa, que tem a proposta mais próxima e é bastante popular no mercado local.

Leia também:

Nissan Tiida

Considerado um dos modelos mais globais da Nissan, o Tiida mexicano foi vendido em países latinos, como Argentina, Colômbia, Porto Rico, Uruguai e República Dominicana, mas também em nações europeias (Rússia, Alemanha e Irlanda), africanas (Líbia e Nigéria) e do Oriente Médio (Iraque e Israel). No Brasil, foi comercializado entre 2009 e 2013, alcançando relativo sucesso principalmente na versão hatchback. Atualmente, o Tiida sedã sobrevive apenas no próprio México, enquanto em alguns mercados internacionais o hatch foi sucedido pelo Pulsar, maior, mais equipado e fabricado na Espanha.

Fotos: Divulgação

Galeria: Nissan Tiida