Marca irá adequar fábrica para produzir modelo com plataforma MQB. Será o SUV Tharu?

A Volkswagen não ficará restrita ao Brasil e também irá investir na sua fábrica em Pacheco (Argentina). O anúncio será feito na próxima sexta-feira (10), com a presença do presidente do país, Mauricio Macri. O aporte, que deve ser de US$ 600 milhões (R$ 1,95 bilhão), vem para adequar o complexo para a produção de modelos com a plataforma modular MQB, abrindo espaço para o Projeto Bala de Prata – e que, recentemente, descobrimos ser um novo SUV chamado Tharu.

Leia também:

Esse investimento será uma revolução para a fábrica em Pacheco. Irá encerrar a produção da perua Suran, que conhecemos por aqui como SpaceFox. Atualmente, o complexo monta somente a Suran e a picape média Amarok. O ex-presidente da Volkswagen Argentina e atual presidente da marca para a América Latina, Pablo Di Si, revelou ao site Argentina Autoblog que Pacheco estará pronta para usar a plataforma MQB e que permitirá a produção de mais de um modelo no país.

O primeiro deles nós já comentamos por aqui: o Volkswagen Tharu. Será um SUV com porte semelhante ao do Jeep Compass, justamente seu futuro rival. Ficará posicionado entre o futuro T-Cross (o utilitário compacto baseado no Polo) e o Tiguan Allspace (que chegará importado em 2018), tanto em tamanho quanto preço. A marca diz que Tharu é somente o código interno e que não foi decidido como ele será feito. Porém, a maior aposta é que seja uma adaptação do Skoda Karoq – e que já aceleramos.

Galeria: Skoda Karoq 2018

Já o segundo modelo ainda é um mistério. Uma das possibilidades é a inédita picape que será oferecida entre a Saveiro e a Amarok. É a resposta da fabricante alemã para a Fiat Toro, entrando no mesmo segmento. Essa área ficará bem competitiva, já que a GM também planeja um produto deste tipo.

Com os dois modelos, a Volkswagen conseguirá equilibrar a balança comercial entre Argentina e Brasil, exigência do governo vizinho. Terá dois modelos de grande apelo para exportar para o nosso mercado, compensando o fato de enviarmos tudo o que é produzido aqui para lá. Porém, levará um tempo para que possa produzir tudo, motivo pelo qual a SpaceFox deve continuar na linha argentina até 2020.

Fonte: Argentina Autoblog
Fotos: Divulgação e Motor1.com

Galeria: Avaliação Skoda Karoq