Hatch ganha só design do modelo europeu. Continuará com motores 1.6 e 1.0 EcoBoost

Sem a nova geração no Brasil, a Ford irá reestilizar o New Fiesta fabricado por aqui para deixá-lo mais parecido com o modelo europeu. Com lançamento previsto para o final do ano, o hatchback renovado apareceu pela primeira vez em fotos que circulam em grupos do Whatsapp, vindas do grupo New Fiesta Clube no Facebook.

Leia também:

Como os diversos flagras do compacto já adiantavam, o New Fiesta ganha novo para-choque frontal, uma grade mais fina e sem as hastes horizontais, faróis com projetores e luzes diurnas de LED. Nos carros de teste, a traseira aparentava não ter qualquer alteração. Receberá novas rodas. Embora não tenha uma imagem direta do interior, sabemos que será equipado com a central multimídia Sync 3, com tela flutuante de 6,5” sensível ao toque, a mesma que já equipa sua versão sedã.

A má notícia é que a mecânica não irá mudar agora. Fontes ligadas à marca disseram ao Motor1.com que, ao contrário do esperado, o hatch não irá receber o novo motor 1.5 Dragon de três cilindros, que gera 137 cv e 16,1 kgfm de torque, nem a transmissão automática de seis marchas. Essa mudança deve acontecer somente na linha 2019, quando começarem a produção deste motor em Camaçari (BA) – no momento, vem importado da Índia. A marca prefere focar no EcoSport, já que o Fiesta é um carro de baixo volume.

Ford New Fiesta 2018 - Flagra

Sem o novo motor, o Fiesta seguira com o 1.6 Sigma de 128 cv e 16 kgfm, que pode ser combinado ao câmbio manual de 5 marchas ou o automatizado Powershift de 6 posições. Para os modelos mais caros fica o 1.0 EcoBoost de 125 cv e 17,3 kgfm, sempre em conjunto com a transmissão Powershift. Agora que irá enfrentar Fiat Argo e Volkswagen Polo, deve ficar mais equipado, recebendo itens do Focus como sete airbags e controle eletrônico de estabilidade e tração.

Fotos: Whatsapp e New Fiesta Clube