Entidade descobriu que algumas montadoras estavam negligenciando a proteção do lado do carona

Órgão independente responsável por colocar à prova a segurança de veículos vendidos nos Estados Unidos, o IIHS (Insurance Institute for Highway Safety) anuncia nesta semana a adoção de novos protocolos e modalidades de avaliação. Segundo informado, a partir de agora todos os veículos testados pela entidade passarão por simulações de impacto do lado direito, levando em conta exatamente os danos causados aos passageiros que ocupam o banco do carona. A decisão foi tomada depois da descoberta de negligência, por parte de algumas mondadoras, na proteção dada a estes ocupantes.

Leia também:

O próprio IIHS explica que em 2016 verificou inconsistências nos resultados alcançados por SUVs em provas de sobreposição. De acordo com os relatórios apresentados, 7 deles alcançaram classificações positivas nos impactos do lado do motorista, mas distorções suspeitas na proteção para passageiros. Também chamado de "small overlap", este teste submete o veículo a um impacto de quina contra obstáculo pequeno a uma velocidade de 64 km/h. Ele foi implementado pela primeira vez em 2012 e desde então 13 fabricantes promoveram mudanças estruturais em pelo menos 97 veículos.

Tesla Model S Crash Test IIHS

Com a adoção do novo protocolo, fica estabelecido que o prêmio Top Safety Pick+ (a maior honraria na escala do IIHS) só será concedido a modelos que obtiverem classificação "boa" ou "aceitável" na proteção para passageiros.

Fotos: divulgação 

Galeria: Crash Test - Jeep Compass (EUA)