Compacto pode gerar SUV, minivan e elétrico

A Renault gostou do resultado das vendas do Kwid nos mercados em que participa e já trabalha para expandir sua linha com mais três modelos. O chefão da marca, Carlos Ghosn, confirmou duas variantes, com um terceiro anunciado depois por Stefan Mueller, chefe de produção da empresa. Toda a linha irá estrear primeiro no mercado indiano, para depois ser levada ao resto do mundo.

Leia também:

“Nós obviamente iremos expandir a família do Kwid, com dois novos modelos cobrindo dois novos segmentos, desenvolvidos primeiro para o mercado indiano, para então expandir. Stefan Mueller desenvolverá nossa estratégia sobre mercados emergentes e carros de entrada globais”, disse Ghosn na apresentação do plano “Drive the Future”.

Logo em seguida, Muller fez sua apresentação e esclareceu que serão três modelos baseados no Kwid. “Nossa estratégia global é baseada na expansão da linha do Kwid indo de um para quatro modelos, a renovação do Logan e Sandero, a nova geração do Duster, e um novo SUV do segmento C para o futuro.”

Renault Kwid Sedan (LBC) - Projeção

E quais serão estes modelos? A aposta mais forte está em um crossover compacto abaixo dos 4 metros, conhecido na Índia com o código HBC. Outra possibilidade era de um sedã compacto, chamado internamente de LBC, mas que, segundo o site Indian Autos Blog, foi descartado. Em seu lugar, a Renault deve investir em uma minivan abaixo da Lodgy. A terceira possibilidade é a variante elétrica do Kwid, de olho no mercado chinês.

Fonte e projeções: Indian Autos Blog

Variantes do Renault Kwid