Produção substituirá a versão até então importada da Índia

Projeto de origem brasileira já produzido em países como China, Índia e Tailândia, o Ford EcoSport 2018 começa a ser montado nesta semana também na Europa. Concentrada na fábrica de Craiova, na Romênia, a operação tem por objetivo atender a crescente demanda do mercado europeu pelo modelo e, ao mesmo tempo, substituir o modelo pré-facelift até então importado da planta indiana de Chennai. Não por acaso, foram investidos mais de 200 milhões de euros em ampliações e modernizações, e a expectativa é que pelo menos 1.700 novos empregos sejam gerados até o fim do ano.

Leia também:

"O EcoSport é outro exemplo de como a Ford está crescendo em nossas prioridades, incluindo SUVs de classe mundial. Com a demanda crescente, agora é o momento certo para localizar a produção na Europa e atender às necessidades de nossos clientes", disse Steven Armstrong, vice-presidente da Ford. Bom de loja, o modelo emplacou 30% mais unidades em 2016 do que no ano anterior e, só no acumulado de 2017, já registra alta de 27%. O sucesso é tamanho que acabou engolindo até mesmo o monovolume B-Max, produzido desde 2012 justamente na mesma fábrica romena.

Ford EcoSport - Romênia

Na comparação com o modelo brasileiro, o EcoSport europeu se diferencia pela gama distinta de motores e versões. Por lá, estão disponíveis propulsores 1.0 EcoBoost e 1.5 turbodiesel (inexistentes por aqui), além da versão ST-Line, de apelo esportivo.

Fotos: Divulgação

Galeria: Ford EcoSport (Euro-spec)