Em 8 anos, tecnologia tomará as ruas de grandes cidades como Nova York e Londres

Tratada até pouco tempo atrás como tema de filme de ficção científica, a tecnologia autônoma de condução em veículos já deixou de ser conceitual para se tornar realidade. Sua presença no mercado ainda engatinha e limita-se a modelos mais caros, mas, na visão da Toyota, não deve demorar mais do que oito anos para verdadeiramente invadir grandes cidades. Diretor do Instituto de Pesquisa da marca, Gill Pratt disse em entrevista recente que a chamada condução totalmente autônoma (livre de qualquer intervenção humana) se tornará comum em metrópoles como Nova York e Londres até 2025.

Leia também:

Na visão do executivo, até 2020 a montadora concluirá o objetivo de colocar no mercado autônomos do chamado "Nível 2". São veículos que, apesar de guiados de forma independente por meio da referida tecnologia, ainda necessitam de supervisão humana na maioria do tempo. Já em 2025, entrarão em ação os autônomos de "Nível 4", que operam praticamente sozinhos e requerem a intervenção do condutor apenas em circunstâncias extremas. Fato interessante é que a marca não pensa na disseminação da tecnologia apenas para o conforto dos passageiros, mas especialmente para avançar em termos de segurança. "Temos que ter a rapidez de passar de 1,3 milhão de mortes por ano nas estradas para zero", disse Pratt.

 

Comparativo - Toyota Prius e Corolla Altis

 

Engenheiros da companhia trabalham nesse objetivo, mas uma ajuda importante vem de seis grandes universidades européias, entre elas a Universidade de Cambridge e a Universidade de Londres. Experts no assuntos se concentram no aperfeiçoamento do sistema, porém esbarram em algumas dificuldades. "É extremamente difícil replicar o raciocínio humano", disse Pratt. "Nós não temos um sistema de inteligência artificial que tenha raciocínio humano. Ainda estamos aprendendo a transcrever as regras de trânsito para o software", completou. Apesar disso, as previsões são as mais otimistas. 

Fonte: Aol

Toyota C-HR Hybrid - Europa