"A General Motors acredita em um futuro totalmente elétrico", diz Mark Reuss, vice-presidente executivo de Desenvolvimento de Produto

A General Motors anuncia nesta segunda-feira (2) estratégia para eletrificação de sua linha. Dentro de 18 meses serão lançados dois novos veículos totalmente elétricos, baseados no que a marca tem aprendido com o Bolt EV (fotos). Eles serão os dois primeiros de uma série de 20 novos carros totalmente elétricos que serão lançados até 2023. 

"A General Motors acredita num futuro totalmente elétrico", diz Mark Reuss, vice-presidente de Desenvolvimento de Produto. "Embora esse futuro não aconteça imediatamente, a GM está empenhada em promover maior uso e aceitação de veículos elétricos através de soluções que atendam às necessidades de nossos clientes". 

2017 Chevy Bolt EV - Canadian review
 

O plano faz parte da visão de mundo com zero acidentes, zero emissões e zero congestionamento, anunciado recentemente pela presidente e CEO da GM, Mary Barra. Só que, segundo a própria GM, chegar a um futuro de zero emissões exigirá mais do que apenas tecnologia de bateria elétrica. Será preciso duas vertentes para a eletrificação: baterias e células de combustível a hidrogênio. 

Leia também:

Para exemplificar, a GM apresentou o SURUS - Silent Utility Rover Universal Superstructure - um veículo conceitual movido a célula de combustível feito com carroceria de caminhão pesado, movido por dois motores elétricos. Pode ser usado como veículo de entrega, caminhão ou mesmo ambulância, diz a marca, embora em divulgar mais detalhes ou fotos do veículo. 

Fotos: Motor1

Galeria: Chevrolet Bolt EV 2017