Esquema a ser seguido será parecido com o adotado pela Audi, porém menos confuso

Após o anúncio da Audi, realizado no final de agosto, tudo indica que a próxima grande montadora global a adotar novo padrão de nomenclatura para seus modelos será a Jaguar Land Rover. Tomando como base um flagra recente no Reino Unido, a revista Auto Express adianta que a mudança começará pela Jaguar e será sequencialmente adotada pela Land Rover e, por fim, pela Range Rover. A ideia é criar padrões diferentes de identificação, respeitando o combustível que alimenta o motor e, por conseguinte, a potência gerada.

Leia também:

Como exemplo, a publicação cita o esportivo Jaguar F-Type, flagrado com a plaqueta "P380 AWD" gravada na traseira. O "P" em questão diz respeito a petróleo, ao passo que o "380" representa a potência. Dentro desse esquema, a sigla P300 representará a versão de entrada, com 300 cv, e assim por diante. No caso do SUV F-Pace, equipado com motor a diesel, o padrão será D163, D180, D240 e D300. Nomenclatura semelhante também será empregada nos modelos da Land Rover e da Range Rover, como Discovery e Velar.

 

Range Rover Velar

 

Até mesmo os futuros elétricos estão incluídos na nova estratégia. O aguardado I-Pace, por exemplo, provavelmente carregará a sigla E400 estampada na tampa do porta-malas.

Fonte: Auto Express

Jaguar F-Type 2018 4-cilindros