Deixar o compacto com visual semelhante ao do SUV sai por R$ 1.400

Apresentado pela Renault como o "SUV dos compactos", o Kwid vem sendo considerado pelos interessados como um mini-Captur. Tanto é que o acessório mais vendido para o Kwid nas concessionárias tem sido justamente o envelopamento do teto, que deixa o carrinho parecido com o SUV mais caro da marca. 

 

Renault Kwid bicolor

 

Diferentemente do Captur, no qual o teto colorido é pintado na própria fábrica, no Kwid é aplicado adesivo para imitar a pintura bicolor, como acessório na concessionária. O esquema de cores segue a mesma linha do Captur: teto marfim quando a carroceria é escura (como no Kwid preto das fotos) e teto preto quando a carroceria é de cor clara. O preço médio do serviço é de R$ 1.400, de acordo com a revenda Renault Sinal France Ibirapuera, em São Paulo.  

Leia também:

Um dos diferenciais do Kwid em relação aos principais rivais, Fiat Mobi e VW up!, é justamente seu estilo SUV, reforçado pela altura livre do solo elevada (18 cm). Sucesso de vendas, o Kwid já desponta na terceira colocação do mercado brasileiro, atrás somente do líder Chevrolet Onix e já bem próximo do vice Hyundai HB20 - neste dia 25 a tabela da Fenabrave aponta diferença de apenas 10 emplacamentos entre eles.

 

Renault Captur e Kwid

 

Com preços entre R$ 29.990 e R$ 39.990, o Kwid é vendido em três versões, sempre com motor 1.0 3 cilindros de 70 cv e câmbio manual de 5 marchas. Em 2018, deverá ganhar versão topo de linha Outsider, com visual mais aventureiro.

Fotos: divulgação  

Galeria: Renault Kwid bicolor

Foto de: Redação