Relatório da Fenabrave mostra o subcompacto da Renault emplacando praticamente o dobro do VW up!

Em seu primeiro mês "cheio" de loja, o Renault Kwid já larga com tudo. Segundo relatório da Fenabrave, o novo subcompacto está na sexta colocação de vendas nos 10 primeiros dias de setembro, com 1.247 unidades. Assim, ele está muito próximo do quinto colocado, o Chevrolet Prisma (1.299), e já deixou para trás o Ford Ka (1.163), que costuma ser o terceiro colocado, e também o VW Fox (995) - em sétimo e oitavo, respectivamente. 

 

Comparativo Mobi Drive GSR x Etios X AT

 

Na briga contra seus rivais diretos, Fiat Mobi e VW up!, o Kwid larga em franca vantagem. Para se ter ideia, até o dia 10 o Mobi era apenas o décimo quarto colocado (723) e o up! o décimo sétimo (653). Ou seja, o pequeno Renault está vendendo praticamente o dobro do subcompacto da VW. 

Leia também:

Em compensação, a Renault deverá amargar queda forte do Sandero, como já mostra a décima nona posição do hatch compacto da marca, com somente 559 unidades - atrás até do Toyota Etios Sedan, com 610. Vale lembrar que, antes do Kwid, o Sandero brigava pelo Top 5 nacional. Mas agora a tendência é mesmo que o novato assuma a posição de carro-chefe da Renault no Brasil. De acordo um executivo da marca, haverá produção do carrinho suficiente até para que ele brigue pela liderança geral do mercado. 

 

Renault Sandero 1.0 SCe

 

Outros modelos que chegaram e já caíram nas graças do consumidor foram a Fiat Toro, o Hyundai Creta e o Jeep Compass, só para citar os casos mais recentes. No entanto, o mesmo não pode ser dito do Fiat Argo, que mesmo após alguns meses de loja ainda não conseguiu brilhar: nestes 10 primeiros dias de setembro, ele é apenas o décimo terceiro colocado, empatado com o Toyota Etios hatch em 779 unidades.

Fotos: Arquivo Motor1 e divulgação  

Renault Kwid Zen 1.0 2017

Foto de: Rafael Munhoz