SUV produzido em Camaçari (BA) chega ao país andino com visual renovado e três opções de motor

Depois de estrear no Brasil e na Argentina, o mais novo destino do reestilizado Ford EcoSport 2018 na América do Sul é o Chile. Conforme relata a marca, o modelo produzido na fábrica de Camaçari (BA) começou a ser vendido no país andino nesta semana, com preços que variam de 10.690.000 pesos a 12.590.000 pesos (cerca de R$ 53.600 e R$ 63.300 numa conversão direta). Os destaques ficam por conta da ampla gama de versões (S, SE, FreeStyle e Titanium) e da opção de motor 1.5 turbodiesel de 100 cv, indisponível por aqui.

Leia também:

Entre os itens de série, a Ford destaca a presença de itens como controles eletrônicos de ração e estabilidade, airbags dianteiros, freios ABS com EBD, ar-condiconado, vidros e retrovisores elétricos e sistema de entretenimento SYNC com tela de 4,2 polegadas. A versão topo de linha adiciona tela de 8 polegadas, sensor de chuva, sensor de pressão dos pneus, rodas aro 17", acesso sem chave, sistema de som da Sony, teto solar, partida por botão, bancos revestidos em couro, câmera de ré e faróis de xenônio.

 

Comparativo Ford EcoSport x Renault Captur

 

Na mecânica, a gama de motores é formada pelos conhecidos 1.5 de 3 cilindros com 120 cv e 2.0 de injeção direta com 170 cv, além do 1.5 turbodiesel de 100 cv. O câmbio pode ser manual ou automático de 6 marchas no primeiro caso, apenas automático no segundo e unicamente manual no terceiro. 

Fotos: Divulgação e arquivo Motor1

Galeria: Ford EcoSport Freestyle 2018