Será o fim da "caixinha" do entregador?

A Ford luta contra o tempo para, em 2021, começar a produzir veículos autônomos em grande volume. Em mais um passo, a marca americana se associa à rede Domino´s Pizza para testar, em ambientes reais, como é o funcionamento desse tipo de sistema para as entregas. Quem pedir pizza em Ann Arbor (Michigan) poderá receber a visita de um Fusion Hybrid totalmente equipado com câmeras e sensores (e um engenheiro ao volante, em caso de emergência).

Leia também:

O interesse de ambas as empresas é ver a reação e ação das pessoas na interação com este tipo de serviço. Por um aplicativo com GPS, a pizzaria recebe o pedido e envia o carro com a pizza em um compartimento que só pode ser aberto pelo cliente com uma senha enviada ao aplicativo no momento do pedido. O pagamento é feito pelo mesmo app. Portanto, o carro não recebe dinheiro e, muito menos, "caixinha". 

 

"Estamos orgulhosos por sermos os pioneiros e empolgados para ajudar na pesquisa de como os carros autônomos poderão funcionar no futuro da entrega de pizzas. É o primeiro passo de um processo de testes que planejamos com a Ford", disse Patrick Doyle, CEO da Domino´s Pizza. 

A expectativa da Ford:

“Com o crescimento do nosso conhecimento de negócios e oportunidades dos carros autônomos na entrega de pessoas e materiais, recebemos com prazer a parceria com a Domino´s neste importante passo do processo de desenvolvimento", disse Sherif Marakby, vice-presidente de veículos autônomos e elétricos da Ford.

Aqui no Brasil? Quem sabe quando as motos forem autônomas ou o trânsito ajudar a não deixar a pizza esfriar no caminho. 

Fotos e vídeo: Divulgação

Ford Fusion autônomo para Domino's Pizza