Hatch tem potência combinada de 204 cv e pode rodar por 50 km no modo elétrico

Aguardado para o Brasil, o Volkswagen Golf GTE já foi confirmado para a Argentina. A versão híbrida do hatchback estará à venda nas concessionárias argentinas no segundo semestre de 2018, ainda sem valor divulgado. Fazem segredo sobre sua chegada por aqui, embora o CEO da marca no Brasil, David Powels, tenha dito que pretendem lançar um carro “verde” no nosso mercado antes de 2019.

Leia também:

O lançamento do Golf GTE na Argentina foi confirmada ao site Mega Autos, assim como a chegada da versão reestilizada do hatch importada do México, marcada entre outubro e novembro deste ano e do esportivo Golf R, previsto para o final de 2017.

O híbrido utiliza em conjunto um propulsor elétrico de 102 cv e o conhecido motor 1.4 TSI de 150 cv, que já equipa o modelo topo de linha do Golf, com injeção direta e turbocompressor. A Volkswagen diz que a potência total dos dois motores trabalhando juntos é de 204 cv, com torque máximo de 35,7 kgfm. O câmbio  é o automatizado DSG de dupla embreagem e 6 marchas. Consegue rodar no modo puramente elétrico por 50 quilômetros, recarregando as baterias com o movimento do carro.

 

 

Na Argentina, falam em preços na casa dos US$ 45 mil (R$ 141,7 mil), com base nos valores praticados pelo Golf GTI, atualmente vendido por US$ 40 mil (R$ 126 mil). Por aqui, ele deve chegar aos R$ 150 mil, posicionado acima do GTI, que custa R$ 132.250.

Fotos: Divulgação
Fonte: Mega Autos

Galeria: Volkswagen Golf GTE 2018