Trata-se da primeira renovação completa do SUV desde 1998

Estacionado na linhagem atual desde 1998 (e passando por discretos facelifts desde então), o Suzuki Jimny finalmente caminha rumo à renovação total. Alvo de rumores desde o ano passado, o modelo de nova geração vinha rodando em testes há algum tempo, mas nesta semana não foi capaz de resistir ao vazamento de imagens de catálogo interno. O visual reformulado acabou se tornando inteiramente conhecido, com ênfase para a carroceria ligeiramente maior e as linhas ainda mais quadradas. Não por acaso, o modelo vem sendo chamado de "mini Classe G japonês" - em uma referência direta ao jipão da Mercedes-Benz.

Leia também:

As imagens mostram ainda que a gama de versões será bastante diversificada, indo desde variantes de acesso com rodas de aço, até configurações mais completas com pintura personalizável. Elogiado pelos aventureiros, o estilo de construção, com chassi separado da carroceria, será mantido para preservar a capacidade off-road. Nesse sentido, é certo que o sistema de tração ficará mais moderno e avançado, dentro dos padrões do sistema ALLGRIP PRO usado pelos lançamentos mais recentes da marca.

 

 

Já está confirmado também que o novo modelo terá um interior mais espaçoso, recursos de entretenimento de última geração e motores mais econômicos e eficientes. Entre eles, destaque para dois de 3 cilindros: um de 0,6-litro e um de 1 litro (ambos turbo), além do 1.2 Dualjet aspirado de 4 cilindros. O câmbio poderá ser manual ou automático, dependendo da motorização.

A apresentação pública está prevista para acontecer no final de outubro, no Salão de Tóquio.

Fotos: Automedia e CarPix

Suzuki Jimny 2018 - Fotos vazadas