Versão para as pistas acelera de 0 a 100 km/h em menos de 4 segundos

A Mercedes-AMG se antecipou à abertura das 24 Horas de Spa, corrida de resistência realizada anualmente na Bélgica, e divulgou os primeiros detalhes a respeito do superesportivo GT4. Tomando como base o já conhecido GT R, o modelo segue a mesma linha de preparação de outros bólidos, incluindo o SLS AMG GT3 e o Mercedes-AMG GT3. Ao todo, o desenvolvimento do GT4 consumiu mais de 30 mil quilômetros em pistas de corrida, com a participação direta de engenheiros e pilotos profissionais.

Leia também:

Assim como no irmão GT R, o GT4 é equipado com motor 4.0 V8 biturbo especialmente ajustado para uso em pista, com potência total de 517 cv e torque máximo de 61,8 kgfm. Toda a força é enviada para as rodas traseiras por meio da transmissão sequêncial de 6 marchas. Dados de fábrica apontam aceleração de 0 a 100 km/h em menos de 4 segundos e máxima, limitada eletronicamente, de 250 km/h.

 

Mercedes-AMG GT4

 

Ainda na comparação com o GT R, o GT4 é 240 kg mais leve, pesando no total apenas 1.390 kg. A redução veio principalmente do corte de elementos de conforto e estética considerados supérfluos para uso nas pistas - o sistema de ar-condicionado, curiosamente, foi mantido como item opcional. O baixo peso vem também da estrutura da carroceria e do chassi confeccionada a partir de uma mistura de fibra de carbono e alumínio - combinação que associa leveza e rigidez.

 

Mercedes-AMG GT4

 

As primeiras unidades serão entregues antes do final deste ano. O preço? A bagatela de 198.850 euros, sem contar os impostos.

Fotos: divulgação

Mercedes-AMG GT4