Acordo de Complementação Econômica (ACE) foi assinado na última sexta-feira (21)

Brasil e Colômbia tornaram-se mais próximos do ponto de vista comercial na última sexta-feira (21), com a assinatura de um Acordo de Complementação Econômica (ACE). Válido para diversos setores da economia, o termo de cooperação beneficiará especialmente a indústria automotiva, graças à anulação da alíquota de importação de veículos entre os dois países. Na prática, é a concretização de uma aliança firmada inicialmente em abril, mas que não havia avançado desde então.

Leia também:

A aliança prevê a concessão de 100% de preferência para veículos dos dois países, com cotas anuais crescentes, sendo 12 mil unidades para o primeiro ano, 25 mil no segundo e 50 mil veículos a partir do terceiro ano. “A Colômbia é um excelente mercado para os veículos fabricados no Brasil devido à proximidade geográfica. Todas as empresas instaladas no Brasil vão ser beneficiadas com o acordo com a Colômbia”, afirmou Marcos Pereira, ministro da Indústria e Comércio Exterior.

 

Fabrica Jeep Renegade - Goaiana

 

Até o momento, porém, não há informações sobre quando exatamente o acordo vai vigorar. "Será em breve", disse Pereira. Entre os modelos já exportados do Brasil para o país vizinho estão Honda WR-V, Toyota Corolla, Volkswagen Up! e Jeep Renegade. 

Fotos: divulgação

Volkswagen up! - Exportação