Modelo emplacou quase 80 mil unidades no primeiro semestre. Venda no Brasil é aguardada para 2018

Há cerca de um mês estive em Tóquio para um compromisso com a Honda, mas uma coisa que acabou chamando minha atenção foi justamente o sucesso de um carro da arquirrival Toyota: o C-HR, apesar de ter sido lançado recentemente, já é bastante comum nas ruas da capital japonesa.

 

Toyota C-HR

 

Pois nesta semana a Toyota confirmou o que percebi por lá. Com 79.303 unidades, o C-HR foi o SUV mais vendido do Japão no primeiro semestre deste ano. Em abril, o modelo não só liderou a categoria como também foi o carro vendido no geral, ao emplacar 13.168 unidades. 

Leia também:

Lançado no Japão no fim do ano passado, o C-HR é o segundo modelo a nascer sobre a plataforma modular TNGA, já usada no Prius e que dará origem à próxima geração do Corolla. Mostrado no Salão de Buenos Aires, em junho, o C-HR teve sua importação confirmada para o Brasil a partir de 2018, inicialmente na versão híbrida (com motor 1.8 a combustão e um elétrico como no Prius) para aproveitar os incentivos fiscais para este tipo de veículo. Posteriormente, poderá ser fabricado por aqui para fazer frente ao Honda HR-V e companhia. 

 Fotos: divulgação e Motor1.com

Toyota C-HR 2018 - volta rápida