"Foi uma experiência incrível", disse o piloto

Conhecido dentro e fora do mercado automotivo por ser um fiel adepto de esportes radicais e corridas de rali e drift, o piloto norte-americano Ken Block se surpreendeu recentemente ao guiar um dos superesportivos mais badalados do momento. "Foi uma experiência incrível", confessou após "esquentar o sangue" ao volante de ninguém menos que o Ford GT da nova geração. O feito aconteceu na França, mais precisamente no circuito de La Sarthe (o mesmo que abriga desde 1923 a famosa corrida de resistência 24 Horas de Le Mans).

Leia também:

Block entrou sem medo nas curvas (derrapou em algumas delas) e atingiu a velocidade de 258 km/h em uma das retas da pista. A ação faz parte de uma esforço da Ford para divulgar o novo GT ao redor do mundo. O próximo evento público confirmado para o esportivo é o Festival de Velocidade de Goodwood, marcado para acontecer entre os dias 29 de junho e 2 de julho, na Inglaterra.

 

Ken Block Ford GT Le Mans

 

Um dos modelos mais importantes da história da Ford, o GT é equipado com motor V6 3.5 biturbo de 655 cv (6.250 rpm) e 75,9 kgfm de torque (5.900 rpm). A velocidade máxima divulgada pela marca é de 347 km/h - nada mal para um supercarro de 1.385 kg. A produção é concentrada na fábrica de Markham, em Ontário, no Canadá, ao ritmo de 250 exemplares por ano. Ao todo, apenas 1.000 unidades serão fabricadas, cada uma vendida ao preço estimado de US$ 450 mil.

Fotos: reprodução

Ken Block pilota novo Ford GT