Será um novo adiamento? Alguma falha técnica no site? Mudança de planos? Aguardemos...

O Renault Kwid vem causando furor no mercado. Tudo pelo preço que terá: R$ 29.990, como a revista Quatro Rodas divulgou em primeira mão, R$ 32.990 para a versão intermediária, como descobrimos recentemente, e R$ 34.990, como revelou o site Autos Segredos. Mas tem se metido continuamente em polêmicas. A primeira delas, por conta de seu crash-test na Índia, em que o modelo tirou nota zero. A segunda, ao dizer que é um SUV sendo mero aventureiro, apoiando-se em uma classificação não muito feliz do Inmetro. A segunda, por desancar o VW up! em vídeos que a Renault até tirou do ar. E, agora, por conta de sua pré-venda. Antes marcada para 15 de maio, segundo o próprio Facebook da marca, ela foi adiada. Imaginava-se que ela ocorreria em 15 de junho até que uma contagem regressiva apareceu na terça (6) em seu site oficial. De acordo com o marcador, as pré-vendas seriam abertas na sexta (9). Mas o marcador sumiu misteriosamente desde a manhã desta quarta (7). Como diriam os argentinos, que o verão em primeira mão no Salão de Buenos Aires, "que pasó"?

Leia também:

Tentamos esclarecer o desaparecimento do contador com a Renault, mas a marca não nos deu retorno a respeito até o fechamento desta matéria. Só disse que a data oficial da pré-venda será anunciada na sexta, durante o Salão de Buenos Aires. Considerando que a marca já disse que não tinha marcado uma data oficial para a pré-venda em 15 de maio, apesar de sua página no Facebook ter dito isso (e porteriormente apagado, como o contador), talvez estejamos diante de um novo adiamento. Ou de algum problema técnico enfrentado pela marca. Seja qual for o motivo, atualizaremos esta nota assim que a marca se manifestar oficialmente sobre o sumiço do contador.

 

Renault Kwid - Pré-Venda

 

Só para que não nos esqueçamos, o Kwid será o novo modelo de entrada da Renault no Brasil. Construído sobre a plataforma CMF-A, ele terá 3,68 m de comprimento, 1,58 m de largura, entre-eixos de 2,42 m, 1,48 m de altura, com 18 cm de vão livre, e um porta-malas de 300 litros. Seu motor será o 1.0 SCe, de 82/79 cv e torque de 10,5/10,2 kgfm. Normalmente com câmbio manual de 5 marchas a não ser pela versão mais cara, que deverá ser equipada com o câmbio Easy'R, automatizado de 5 marchas, e oferecer controle de tração e de estabilidade. Outro destaque do Kwid é que ele terá airbags laterais de série, como o Renault Captur, que se saiu bem no mais recente teste do Latin NCAP, com 4 das 5 estrelas possíveis.

Fotos: divulgação

Renault Kwid