Problema está na ancoragem do cinto traseiro direito, que pode se romper

Sedã médio mais vendido do país por larga vantagem, o Corolla está sendo convocado pela Toyota para um recall. Por um problema na estampagem, a ancoragem do cinto de segurança traseiro direito pode se romper em caso de acidente, o que poderia causar ferimentos e até morte nestas situações. 

Leia também:

Comparativo Corolla x Civic

 

O recall envolve as unidades fabricadas de 20 de dezembro de 2016 a 24 de fevereiro de 2017, um total de 9.890 carros. 

Modelo

Data de Fabricação

Chassis envolvidos

Código alfanumérico

Últimos 8 dígitos do chassi

Corolla

20/12/2016 a 24/02/2017

9BRBDWHE

9BRBLWHE

9BRBD3HE

H0340333 – H0346204

H0097419 – H0104445

H03040380 – H0346194

A partir de 19 de junho, todo o sistema de ancoragem do cinto de segurança traseiro direito será substituído, algo que demora em torno de 40 minutos, segundo a Toyota. O agendamento, que já está liberado, deverá ser feito pelo site da Toyota ou diretamente no concessionário de preferência do proprietário.

Fotos: divulgação e arquivo Motor1.com