Espaço interno superior e design mais convencional pesariam a favor

Desenvolvido em grande parte no Brasil e produzido, atualmente, tanto aqui quanto no México, o crossover Kicks, da Nissan, deverá alçar voos bem maiores a partir do ano que vem. Prova disso é que o modelo acaba de ser apontado pela imprensa norte-americana como a escolha da gigante japonesa para atuação nos Estados Unidos muito em breve. Conforme relata o site The Truth About Carso SUV terá a missão de substituir o Juke, de design bem mais peculiar.

Leia também:

E a aposta no Kicks, explica a publicação, se dará especialmente pelo aspecto visual. Com linhas mais convencionais e estilo, digamos, mais palatável, o crossover feito em Resende (RJ) seria mais bem posicionado que o Juke, fiel adepto do estilo "ame-o ou odeie-o". Além disso, o Kicks é bem mais espaçoso, tendo 8,1 centímetros a mais no entre-eixos e quase 100 litros de espaço extra no porta-malas. O único porém ficaria pela ausência de tração nas quatro rodas.

 

Nissan vai abrir 2º turno e contratar 600 funcionários para fazer o Kicks no Brasil

 

Na mecânica, o motor 1.6 de 112 cv oferecido tanto no Brasil quanto no México deve dar lugar a algo mais potente. É cedo para cravar alguma aposta, mas a imprensa americana aponta para a adoção do mesmo motor 1.6 turbo do Juke, com potência na casa dos 190 cv. Os principais concorrentes seriam Jeep Renegade, Honda HR-V, Toyota C-HR, Mazda CX-3 e Chevrolet Trax.

Porém, algo de que eles parecem se esquecer é que a segunda geração do Juke deve estrear ainda em 2017, já com a nova plataforma CMF-B. Como o Kicks é fabricado sobre uma evolução da plataforma V, a mesma do Versa, atualmente o carro mais barato à venda nos EUA, o mais provável é que o Kicks chegue por lá como o crossover mais acessível do mercado. E que o Juke receba o tal motor turbo, tração nas quatro rodas e se torne uma opção "gourmet" de crossovers compactos.

O lançamento do Kicks nos EUA deve acontecer entre o fim deste ano e o início de 2018. Protótipos camuflados já foram, inclusive, flagradas por lá.

Colaborou Gustavo Henrique Ruffo

Fotos: divulgação 

Teste Rápido: Nissan Kicks traz o apelo emocional que falta à marca

Foto de: Daniel Messeder