Será o fim da guerra entre tração traseira e integral?

O que você prefere? Tração traseira ou integral? Bom, esta pergunta já é suficiente para quase criar um novo campo de batalhas virtual. A BMW pretende, digamos, acabar com isso e agradar a quase todos com o novo M5 e o sistema M xDrive de tração. 

Leia também:

 A BMW divulgou este vídeo para explicar, na prática, como o sistema funciona. Com três modos distintos selecionáveis pela central multimídia, o novo sedã esportivo assume três personalidades diferentes. O M xDrive é composto por uma central inteligente, que faz a leitura de posição de acelerador, volante, acelerômetros e potência, e uma caixa de transferência específica. 

 

 

Nos modos de condução "normais", o M5 assume a distribuição "4WD", que manda a força do V8 4.4 biturbo com (estimados) 600 cv igualmente entre as quatro rodas. No modo "M Dynamic Mode", entra em ação a "4WD Sport", que joga mais força para as rodas traseiras, ajudando nas entradas de curvas mais fechadas e, ainda assim, permitindo uma leve saída de traseira para apontar a dianteira. 

Ao desligar os controles de tração e estabilidade, é como se liberasse uma nova parte de um game de corrida. Na tela, estão os três modos de tração na tela para escolher, com a adição da "2WD", a favorita de quem procura um BMW M. Não precisamos explicar que, com a força toda nas rodas traseiras, acontece muita diversão e fumaça de pneu no ar. 

O lançamento do novo M5 é esperado para o Salão de Frankfurt. Será o primeiro M5 com câmbio automático (de oito marchas) e carregará muita fibra de carbono, inclusive no teto, como manda o DNA da divisão M. 

Fotos: Motor1.com

BMW M5 M xDrive