Monovolume híbrido tem consumo médio declarado de 37,2 km/l

A Nissan deve dar alcance global ao monovolume híbrido Note e-Power após verificar vendas acima da média no Japão. Conforme relata a agência de notícias Automotive News, a decisão foi tomada especialmente depois de o modelo ter ultrapassado as vendas do Prius no mercado local em janeiro - um feito e tanto levando em consideração o sucesso do rival da Toyota.

Leia também:

A estreia em outros países deve acontecer nos próximos meses, embora nenhum detalhe tenha sido antecipado pela Nissan. A maior expectativa gira em torno da China, onde híbridos e elétricos são bastante aceitos, além dos Estados Unidos. Neste caso específico, a marca já acumula experiências positivas com os modelos Leaf e Altima, Pathfinder e Rogue em versões Hybrid.

Note E-Power
Note E-Power

Apresentado no fim do ano passado, o Note e-Power é alimentado por um motor elétrico (109 cv e 25,8 kgfm), a exemplo do Leaf. Um motor a gasolina também faz parte do conjunto, mas é utilizado apenas para gerar a energia que carregará a bateria - no caso, o 1.2 3-cilindros de 79 cv e 10,5 kgfm emprestado do March europeu. De acordo com o padrão japonês de medição, o consumo médio é de 37,2 km/l.

Note E-Power

 

Desenvolvido com base na plataforma V do March/Versa, o Note segue o molde do Honda Fit e seria um concorrente de peso para ele por aqui. Poderia vir importado do México, onde é produzido em versões convencionais, caso a política do cotas não fosse tão restrita.

Fotos: divulgação

Nissan Note e-Power é um elétrico que não precisa recarregar

Foto de: Redação