Previsão é de Joe Bakaj, chefe de desenvolvimento de produto na Europa

Em entrevista concedida à revista britânica Autocar, o chefe de desenvolvimento de produto da Ford para a Europa traçou expectativas positivas para a linha de motores de marca. De acordo com as previsões de Joe Bakaj, os propulsores de 3 cilindros da linha EcoBoost devem avançar tanto no mercado nos próximos anos que se tornarão os mais populares da companhia.

Leia também:

Dentro desta família, o 1.0 já está bastante difundido. Na Europa, por exemplo, ele equipa desde o Fiesta, passando pelo EcoSport até o grandalhão Mondeo (nome do Fusion por lá). O mesmo vale para outros modelos vendidos em países como China, Austrália e Japão.

Novo Ford Mondeo - Argentina
Ford Kuga 2017

Não obstante, a chegada do novo 1.5 de 200 cv reforça mais ainda as previsões de Bakaj, dada a ampla gama de aplicações. A marca já faz uso dele no Fiesta ST e pretende colocá-lo também sob o capô do Fusion, do Focus, do Kuga e de muitos outros. Vale lembrar que os números de potência podem variar de acordo com o modelo.

Outra novidade mecânica diz respeito ao uso do novo câmbio automático de 10 marchas na Europa. A transmissão foi desenvolvida em parceria com a General Motors e já é usada nos Estados Unidos em algumas versões da picape F-150 e do esportivo Mustang. "É o casamento perfeito com motores turbo", disse o executivo.

 

Novo Ford EcoSport China

 

Bakaj não mencionou, mas a versão não-Ecoboost dos novos 3-cilindros, da família Dragon, também devem ser um bocado populares aqui no Brasil. O novo EcoSport, por exemplo, terá o novo motor 1.5, que também deve se espalhar por toda a linha Ford no Brasil, incluindo as versões mais fortes de Ka, Ka+ e do Fiesta.

Fotos: divulgação 

Ford Fiesta ST 2018