Apesar da forte campanha publicitária, vendas ainda não engrenaram

Ainda faltam sete dias úteis de vendas para o encerramento de março, mas já é possível falar sobre o início pouco promissor da carreira comercial do novo Renault Captur. 

Leia também:

Mesmo com forte publicidade na mídia, o novo representante da marca francesa entre os SUVs/crossovers compactos ainda não encantou os consumidores da categoria mais quente do mercado. Até ontem (22/03), apenas 351 unidades foram emplacadas em todo o país – atrás, por exemplo, das 521 unidades do Hyundai ix35. Vale lembrar, porém, que segundo a Renault as vendas começaram "pra valer" somente no dia 13.

 

Renault Captur Intense Teste Motor1 BR

 

Para se ter uma ideia, o líder HR-V foi o preferido por 2.699 pessoas no mesmo período. Em março de 2015, seu primeiro mês de mercado, o Honda registrou 2.382 unidades. 

Falando também de exemplos mais recentes, o Hyundai Creta, lançado em janeiro, fechou o seu primeiro ranking com 1.182 emplacamentos e já está com 2.120 unidades acumuladas neste mês. “Primo” do Captur, o Nissan Kicks, que vendeu 1.970 unidades no lançamento (agosto), contabilizou 1.835 unidades até ontem. 

 

Renault Captur Intense Teste Motor1 BR

 

Até mesmo um modelo sem grande apelo comercial como o Peugeot 2008 teve um começo de vida mais atraente: em maio de 2015, quando foi lançado, o modelo da marca francesa encantou 636 clientes. 

Os próximos meses vão dizer qual é o verdadeiro potencial do Captur, especialmente com a chegada às concessionárias da versão 1.6 com câmbio CVT. Ficaremos de olho. 

Resposta da Renault: "A Renault informa que as vendas do Captur estão dentro do esperado. Em março, a distribuição do SUV aos concessionários aconteceu após o carnaval, levando aos números citados na reportagem. Vale destacar que em algumas praças há fila de espera de até um mês para o modelo".

Fonte: Fenabrave

Renault Captur Intense Teste Motor1 BR

Foto de: Rafael Munhoz