Levantamento feito pela Bloomberg detalha margens das duas empresas, além de Daimler e BMW

Montadoras de luxo naturalmente têm margens de lucro maiores que fabricantes de perfil generalista, mas acreditamos que você nem imagina o quanto ganham, por exemplo, Porsche e Ferrari a cada carro vendido. Segundo levantamento da agência de notícias Bloomberg, cada exemplar entregue no mundo em 2016 rendeu à Porsche US$ 17.250 (cerca de R$ 52 mil). Já a Ferrari lucrou US$ 90 mil (R$ 275 mil) por unidade na conta feita pela agência.

Leia também:

Com 238 mil veículos vendidos (40% desse total correspondente unicamente ao Macan), a Porsche teve um lucro operacional de US$ 4,1 bilhões e cresceu 14% sobre os números de 2015. A cifra resultou no registro de faturamento recorde e na margem significativamente superior à de outras fabricantes alemães, como Daimler e BMW - ambas com lucro/unidade na casa dos US$ 5 mil.

 

Ferrari celebrates its 70th anniversary

 

No caso da Ferrari, foram 8 mil exemplares produzidos, com um lucro operacional de US$ 720 milhões. Só que a conta da Bloomberg dividiu esse valor pela quantidade de carros vendidos, como fez com a Porsche, fazendo a ressalva de que a marca italiana tem outros rendimentos, como a venda de acessórios, componentes, motores e o faturamento com o parque de diversões. Segundo a Bloomberg, aproximadamente 30% das receitas da marca vêm desses setores, ou US$ 216 milhões. Tirando esse montante de outras rendas, sobram US$ 504 milhões. Divididos pelos 8 mil carros feitos pela marca, o lucro só com eles cai para US$ 63.000. Suficiente para ainda deixar muita fabricante morrendo de inveja...

(Colaborou Gustavo Henrique Ruffo)

Fotos: divulgação 

Comparativo Jaguar F-Pace x Porsche Macan