Em relação a 2016, as vendas caíram mais de 40% em fevereiro

Pelo segundo mês seguido, um modelo chinês foi o importado mais vendido do Brasil. Com 142 emplacamentos, 12 a mais do que o Volvo XC60 (130), o JAC T5 sentiu novamente o gostinho da liderança. O Kia Cerato, com 102 unidades, foi o terceiro colocado.

O mês foi muito ruim para o Sportage. Com apenas 81 unidades, o campeão de 2016 e 2º em janeiro caiu para o 7º lugar, atrás do Kia Picanto (92) e pouco à frente do Lifan X60 (76). Os SUVs/crossovers, aliás, representaram metade dos dez modelos mais vendidos.

Kia Sportage 2017
Salão do Automóvel: Lifan X60 2017 ganha reestilização e câmbio CVT

De acordo com a Abeifa, foram comercializadas no mês passado apenas 1.686 unidades em todo o país, número 41,3% inferior ao de fevereiro de 2016 (2.871). Em relação a janeiro (1.945), a retração foi bem menor (-13,3%). Para José Luiz Gandini, presidente da entidade, o cenário é preocupante.

“Estamos cientes de que a alíquota extraordinária de 30 pontos percentuais do IPI e a limitação da cota com teto máximo de 4.800 unidades/ano sem a sobretaxa vão cair a partir de 1º de janeiro de 2018. Mas a nossa preocupação em relação à subsistência da rede autorizada de concessionárias é premente”, afirmou Gandini.

Segundo o executivo, esta medida precisa ser atendida com urgência por não afetar a produção local, já que, segundo ele, o setor de importados – cuja previsão é de vendas na casa das 30 mil unidades – deverá representar menos de 1,5% do mercado ao longo do ano.  

 

MARCAS (PRODUÇÃO IMPORTADA)

  1. Kia 454
  2. JAC 217
  3. Volvo 201
  4. Lifan 153
  5. Suzuki 153
  6. BMW 130
  7. Jaguar 103
  8. Mini 103
  9. Land Rover 79
  10. Porsche 64

 

MARCAS (PRODUÇÃO NACIONAL)

  1. BMW 376
  2. Land Rover 293
  3. Chery 92
  4. Suzuki 92


Fonte: Abeifa

JAC T5 CVT