Série de imagens revela evolução da tecnologia dos faróis de 1908 até os dias de hoje

Um estudo promovido e divulgado nesta semana pela Ford compara a evolução vivida pela tecnologia de iluminação dos faróis ao longo do último século. Para promover a comparação, a marca tomou como base situações perigosas (como cruzar com pedestres e ciclistas no acostamento à noite), de modo a simular a visão do motorista ao se deparar com um ciclista 12 metros à frente do veículo.

 

Faróis Ford comparação
Faróis Ford comparação

 

O comparativo incluiu desde um Ford T 1908 e modelos dos anos 1930, 1960, 1970 e 1990, até um Ford Mustang GT 2016, passando por outros carros conhecidos como o Ford Fiesta 1976 e o Ford Mondeo 1994. “Em termos de tecnologia da iluminação, saímos da era das trevas”, diz Michael Koherr, engenheiro de pesquisa de iluminação da Ford Europa.

Leia também:

Koherr lembrar que no caso do T, os motoristas tinham de literalmente acender as lâmpadas de acetileno antes de pegar a estrada. Hoje em dia, faróis de xênon e de LED fazem a diferença no quesito segurança, com sistemas capazes de fazer a iluminação se adaptar à velocidade e ao ambiente.

O ajuste da câmera para todas as imagens foi ISO 1600, exposição 1/13 e abertura f/9. Confira as fotos.

Fotos: divulgação 

Faróis Ford - comparação