Já em estudos avançados, versão "sem motorista" dará as caras nos Estados Unidos

Para a Ford, a ideia é ter seu carro autônomo operando comercialmente até 2021. Mostrando que está investindo pesado nesta meta, a marca apresentará um protótipo do Fusion equipado com um sistema já mais próximo do que deverá ser o definitivo. 

Ele estará em dois eventos durante janeiro: o Salão de Detroit e o CES, feira de tecnologia nos Estados Unidos. Usando a atual plataforma do Fusion, a Ford projetou esta versão já com itens próximos das versões finais de produção, como as partes elétricas e eletrônicas. 

 

 

Em comparação com o anterior, este Fusion Hybrid autônomo traz o radar no teto com um desenho mais discreto e um novo sistema de sensores, que puderam ser substituídos por dois no lugar de quatro. A Ford quer disponibilizar a tecnologia para serviços de caronas e compartilhamento e já fez parceria com 4 startups, aumentando sua área de pesquisa. Ele deverá ser utilizado em áreas limitadas sem a necessidade de motorista, volante ou pedais.

Fotos: divulgação

Ford Fusion Hybrid autônomo