Modelo será maior e terá estilo bem mais esportivo que o do modelo atual. Motor1.0 turbo deve dar ânimo condizente ao urbaninho

O Kia Picanto seguirá rigorosamente o prazo de vida útil que se dá a cada geração dos carros modernos: 6 anos. Lançado em 2011, como modelo 2012, ele chegará à sua terceira geração no ano que vem, como mostram os desenhos oficiais que a marca divulgou nesta quinta (22).

Leia também:

 Pelas imagens liberadas pela empresa, o que se nota é que o novo Picanto será mais esportivo, quase um mini Rio, mas também mais espaçoso do que o modelo atual. A Kia destaca que ele tem "mais potencial para personalização, tanto interna quanto externamente", e que terá um "stance" mais assertivo, com linhas mais fortes e uma gama de cores vibrantes. Como o atual, diga-se de passagem.

A Kia não menciona opções de motor e de transmissão, mas a suspeita é que ele virá equipado com o mesmo motor 1.0 de 3 cilindros turbo que equipa o HB20, com 100 cv e 120 cv, mas que ele também mantenha o motor 1.0 naturalmente aspirado. E já em versão flex, como mostra o modelo vendido atualmente no Brasil.

A promessa da Kia é revelar o novo Picanto no começo de 2017. Achamos pouco provável que seja no Salão de Detroit, já que o carrinho nunca foi vendido por lá. O caso é que ele é produzido apenas em Seosan, na Coreia do Sul. Se a nova geração for feita também no México, as chances de ele chegar ao Brasil por preço competitivo são altas. Se a Kia continuar a vendê-lo por aqui, a nova geração virá também em 2017, ainda que mais para o final do ano, por conta de homologação.

Fotos: divulgação

Kia Picanto 2017